Ao Largo

segunda-feira, 5 de abril de 2010



Ao largo da má disposição, da falta de hospitalidade, do mau humor. Abrigada de quase tudo o que torna Portugal um sítio cada vez menos amigável. E a prova de que o Alentejo, esse vast expanse zurzido pelo tempo e pelos maus fígados de Lisboa, continua a ser a única região portuguesa onde gostaria de viver.

Inesquecível.

2 comentários:

Julia disse...

Agora é só ir lá dormir em todos os quartos :)

dri disse...

parece mm perfeita... mas não se esqueçam, têm uma casa no alentejo sp q quiserem ;)